Tecnologia permite acompanhamento em tempo real, com envio de mensagens e informações.

A Prefeitura de Valadares dá mais um passo importante no combate à disseminação do novo Coronavírus (Covid-19). Foi assinado, nesta segunda-feira, dia 23/03, com a empresa de tecnologia JMM Tech um Termo de Cooperação que garante aos profissionais de saúde ferramentas tecnológicas para monitorar casos suspeitos, com a utilização de geolocalização.


COMO FUNCIONA?

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai disponibilizar ao cidadão com suspeita da doença em isolamento social – ou àquela pessoa que eventualmente contrair a doença – um aplicativo que permite aos profissionais da saúde realizarem o acompanhamento em tempo real, com o envio de mensagens e informações.

O prefeito André Merlo destaca que a ferramenta dará aos profissionais condições de exercer um trabalho mais dinâmico no combate à doença. “Esse aplicativo vai colocar o enfrentamento à doença em Valadares em outro patamar. Todo mecanismo que otimize o trabalho dos profissionais é bem-vindo. Tenho certeza que teremos muitos avanços neste momento que estamos passando”, disse o prefeito.

Uma das funcionalidades da ferramenta é “Botão de Pânico”. Quando o paciente acionar o serviço, o agente de saúde que tiver mais próximo realizará a prestação de socorro. A tecnologia traz mais segurança na saúde e evita a aglomeração de pessoas, uma vez que o serviço é todo realizado por meio da plataforma.

Além disso, haverá uma Central de Comando e Controle que fará todo o gerenciamento on-line, por meio de site ou aplicativo, dando acesso a informações integradas de pacientes e casos suspeitos a agentes de saúde.  “O software vai servir para rastrear e identificar todos os pacientes confirmados e os casos suspeitos de todas as unidades de saúde e hospitais, para que as autoridades de saúde competentes saibam onde esses pacientes estão, sua movimentação, por onde andaram e a evolução da doença naquele paciente”, adianta o CEO da JMM Tech, Ernani Machado.

PARCERIA

Uma grande corrente de forças está sendo formada na luta contra o vírus. A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação (Embrapii) e outros órgãos estão analisando para fazerem parte dessa cooperação. A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por meio do Departamento da Ciência da Computação (DCC) e a Associação Comercial e Empresarial de Governador Valadares (ACE/GV) já cooperam. A UFMG e a JMM Tech são as responsáveis por desenvolverem o sistema para integrar informações entre estados e municípios sobre pacientes diagnosticados com coronavírus.

Mais de 200 pessoas estão envolvidas no projeto que está previsto para ficar pronto em até três semanas e que em entrará em fase de testes em Valadares nos próximos dias. O Termo não irá gerar para Valadares nenhum ônus, apenas terá que garantir a logística a estrutura física necessária.


Fonte: Portal da Prefeitura de Governador Valadares/MG

Share This